VOLTAR

No AM, especialistas alertam sobre combate correto a pragas urbanas

No AM, especialistas alertam sobre combate correto a pragas urbanas

15/02/2014
Ratos e outras pragas urbanas são constantemente vistos no Centro. Centro de Controle de Zoonoses deve fazer ação de combate para cheia.

A presença de ratos chama a atenção de quem passa pelo entorno da Praça da Matriz, no Centro de Manaus. Para combater a situação, o Centro de Controle de Zoonoses de Manaus (CCZ) deve começar uma ação contra aos animais em razão da subida do nível dos Rio Negro neste período do ano.

Ratos, pombos e insetos são pragas urbanas que se não combatidas de forma expressiva tendem a prejudicar a saúde pública. Segundo o biólogo Felipe Pinheiro, do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), o risco de doenças trazidas pelos animais aumenta com a subida das águas no Amazonas.

No Centro, os roedores começam a aparecer ao entardecer, quando a movimentação de pessoas diminui. Pinheiro orienta que o primeiro passo para se livrar das pestes é limpar os locais. "Primeiramente, tem que ser feita a eliminação dos quatro atrativos: acesso, abrigo, água e alimento".

Além do roedor, outro animal tem preocupado os órgãos responsáveis pela saúde pública: pombos. O combate à ave, segundo o biólogo do CCZ, é mais delicado. "O pombo é protegido por legislação, então não temos como matá-lo para controle. Já com o rato, podemos fazer uma avaliação para determinar se vamos intervir com produtos químicos", explicou.

Do site http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2014/02/no-am-especialistas-alertam-sobre-combate-correto-pragas-urbanas.html